Principais Praias da Ilha:

Canasvieiras: uma das mais procuradas pelos turistas, a praia possui águas calmas, diversas opções de passeios e estrutura com bares e restaurantes. O bairro é praticamente independente, oferecendo estrutura com hotéis, restaurantes, supermercados, lojas em diversos segmentos, bancos, etc. O local é famoso pelos passeios de barco, que partem do trapiche em direção à baía onde estão ilhas com fortes e construções históricas.

Jererê: além da beleza natural, Jurerê oferece diversos bares e pubs a beira mar, alguns possuem agenda com shows nacionais e internacionais, o ano todo. Na praia há também uma marina. O local é frequentado principalmente por famílias com crianças pequenas, por ter águas mais calmas. O bairro também é um atrativo em Florianópolis com suas imponentes mansões. No centro de Jurerê existe um Open Shopping, uma linda rua com calçadão, cafés, bares, parquinho para as crianças e, em alguns períodos do ano, feiras e shows ao ar livre.

Praia do Forte: o significado do nome vem do forte histórico de São José da Ponta Grossa. Um dos 3 fortes que formam o triângulo de defesa da baía norte da ilha, foi construído entre 1739 e 1745, atuava junto as outros 3 fortes também na ilha como apoio para manutenção do domínio português em Colônia de Sacramento, no Uruguai. O forte pode ser visitado diáriamente, das 9h às 12h e das 13h às 17h. A fortaleza fica no alto de um morro, com uma linda vista do mar na baía norte, descendo pela estrada ou escadaria ao lado da construção se tem acesso à praia. Um lugar paradisíaco, preservado, possui águas calmas, quentes e a faixa de areia branca em meio à pedras que emolduram o local. O acesso a Praia do Forte é por Jurerê, ele fica ao final da Avenida dos Búzios, principal rua de Jurerê.

Daniela: podendo ser acessada pelas areias da praia do Forte, em dias de maré baixa, o local é perfeito para quem tem filhos pequenos. Com águas calmas, longa faixa de areia branca e poucos quiosques de praia, torna-se tranquila e muito segura. Em dias de maré alta a praia pode ser acessada por Jurerê, no Trevo que liga o bairro à rodovia SC 401.

Santo Antônio de Lisboa: charmoso vilarejo com casas históricas, o local é imperdível durante a viagem em Florianópolis. As construções em estilo açoriano dos tempos coloniais estão em ótimo estado e formam um centrinho comercial com restaurantes, bares e comércio. No local também há um igreja em estilo açoriano, que é aberta à visitação. As areias são grossas, diferentes das demais praias do norte da ilha, isso se dá em virtude da grande produção de Ostras. O local é uma referência em frutos do mar, junto com Robeirão da Ilha, ao sul de Florianópolis. Ambos contam com ótimos restaurantes e gastronomia renomada. Alguns restaurantes de Santo Antônio de Lisboa ficam na orla e oferecem decks junto à praia, onde o cliente pode comer e beber ao ar livre com uma linda vista do mar, praia e ao fundo o centro de Florianópolis, com a ponte Hercílio Luz.

Sambaqui: o acesso é por Santo Antônio de Lisboa, basta seguir pela orla na direção norte. O passeio entre as duas praias é lindo e um atrativo aos adeptos de caminhadas. Ao longo do trecho existe uma calçada que emoldura toda extensão das praias, sem atrapalhar a preservação e as características históricas. No trajeto entre Santo Antônio de Lisboa e Sambaqui existem algumas pequenas praias preservadas, ideiais para quem busca tranquilidade. Em Sambaqui os restaurantes de frutos do mar são muito conceituados e no centrinho da praia, muito modesto, o visitante pode observar a casa de pescadores e de produção de ostras.

Cachoeira do Bom Jesus: ao lado de Canasvieiras, direção norte, a praia de Cachoeira de Bom Jesus é muito tranquila. Com diversos condomínios residenciais é ideal para quem quer tranquilidade à beira mar. Para quem deseja uma estrutura de praia mais completa, pode-se ficar em Canasvieiras e conhecer Cachoeira do Bom Jesus através de uma caminhada pela areia, na praia.

Ponta das Canas: um recanto para famílias, o local é famoso por suas águas calmas e longa extensão da faixa de areia, ideal para crianças. Em certos períodos do ano a maré alta faz com que a água do mar avance pela areia durante a noite e no dia seguinte existem piscinas naturais em meio à areia, de águas que não baixaram de volta. Possui ampla estrutura de praia, com diversos bares e restaurantes.

Lagoinha de Ponta das Canas: na mesma direção que Ponta das Canas, o local é um paraíso. Sua localização direcionado para o mar aberto oferece água um pouco mais agitada do que as praias da baía, mas os morros que protegem o refúgio em ambas as pontas da faixa de areia abatem o vento, o que permite ondas somente para diversão, sem oferecer perigo. Na maior parte do ano a cor do mar impressiona, dando destaque à praia entre as preferidas dos turistas. Possui estrutura de bares e restaurantes e uma área de estacionamento disputada, indica-se chegar cedo no caso de ir de carro.

Brava: o encontro das águas quentes da baía norte da ilha com as águas do mar aberto forma ondas procuradas pelos surfistas. A praia em si possui areias brancas e um lindo visual. O bairro possui diversos condomínios residências, tranquilos e em sua chegada... um mirante muito especial, junto a rodovia de acesso. A praia Brava possui estrutura de praia com alguns quiosques, aluguel de cadeiras e guarda sol no verão, no inverno indica-se levar estes itens.

Ingleses: uma das maiores praias da ilha, não somente em extensão, mas com um amplo bairro que parece um pequena cidade. Ingleses tem vida própria com comércio de todos os tipos, supermercados, farmácias, restaurantes, etc. No centrinho, local onde concentra-se o comércio voltado ao turista e a maior parte dos hotéis está também o principal acesso à praia. Um linda praia, com águas esverdeadas e ampla estrutura, tanto para relaxar quanto para praticar esportes. No verão, o bairro tem um aumento significativo no trânsito, pois além do fluxo turístico, tem maior movimento dos moradores, principalmente em horários de pico.

Santinho: ao lado de Ingleses, a praia do Santinho é um refúgio. Uma praia tranquila e paradisíaca. O acesso é através de ruas do próprio bairro com condomínios residenciais. No local há alguns decks de madeira para sentar e apreciar o mar. A estrutura de bar e quiosques não é ampla, indica-se levar cadeiras até mesmo no verão. Além de apreciar a praia, quem curte surf, as ondas provenientes do mar aberto do lado leste da ilha são propícias a prática do esporte. Quem gosta de uma caminhada, a praia do Santinho possui uma trilha para apreciação das pinturas rupestres, patrimônio cultural da ilha de Florianópolis.

Moçambique: em meio à uma reserva natural da ilha, a praia é muito ampla e conhecida por suas trilhas, a mais famosa é a do Morro das Aranhas. Partindo da praia de Moçambique, a trilha do Morro das Aranhas inicia-se após uma restinga, ao final de uma rua não pavimentada. No entanto, se o visitante desejar partir da Praia do Santinho, a mesma trilha começa logo após as inscrições rupestres. O percurso de caminhada é de 2.200 metros em local bastante acidentado, com pedras e desníveis. O percuso exige um tanto de preparo e roupas confortáveis, a duração é de 1h aproximadamente. Indica-se levar água e boné ou chapéu.

Barra da Lagoa: local onde a Lagoa da Conceição, coração da ilha de Florianópolis, deságua no mar. Além do rio que liga as águas, o qual já é um paraíso por si só, o local conta com um farol que acompanha o rio e abraça a praia. É possível caminhar até o farol e visualizar a praia em toda sua extensão. A Barra da Lagoa possui grande concentração de pescadores, os quais podem ser vistos, por todo local, pescando com toda sua excelência. As águas ricas de peixes abastecem os tradicionais restaurantes de praia, que oferecem deliciosos pratos com peixes frescos e frutos do mar. No centrinho da Barra da Lagoa há uma passarela, que leva o visitante do outro lado do rio. Após atravessar, além das construções peculiares de pescadores, bares e alguns restaurantes, o visitante também pode fazer uma trilha, com extensão aproximada de 800 metros, garante uma vista impressionante da praia e do Farol.

Galheta: além da beleza paradisíaca, a praia é famosa pelos adeptos ao naturalismo. Para quem quer viver Floripa em toda sua beleza e ainda ter uma experiência diferenciada de praia.

Mole: badalada com seus beach clubs no verão, a praia esbanja beleza. A cor do mar é simplesmente impressionante, no entanto as águas são profundas e muito agitadas. Nas extremidades da praia, pedras gigantescas contornam o local, algumas podendo ser acessadas para fotos. O caminho até a praia é feito por trilhas, algumas floridas que até parecem cenário de um filme. O local é de grande preservação, então os carros ficam estacionados junto à rodovia ou em estacionamentos privados.

Joaquina: famosa pelos campeonatos de Surf, que trazer esportistas de todas as partes do mundo, a praia também abriga um cenário paradisíaco. As águas são agitadas, com grandes ondas que lembram paisagens havaianas. Antes de chegar na praia, o visitante vai se deparar com enormes dunas, nelas pode-se praticar sandboard. No alto das dunas, paisagens impressionantes da ilha, Lagoa da Conceição e do mar.

Campeche: além das areias claras, que formam uma vista paradisíaca, a praia possui uma ilha, que pode ser acessada de barco. Na ilha, diversas cavernas preservadas pelo tempo apresentam pinturas rupestres, além da praia com águas cristalinas, tão perfeitas que os barcos parecem flutuar. Um passeio imperdível em Florianópolis.

 

 

 


 

NOSSOS CLIENTES NOS RECOMENDAM:

 

        


Rua Dr. João de Oliveira, 806  |  Canasvieiras  |  Florianópolis  |  Brasil  |  +55 (48) 4009 2535 |  WhatsApp: +55 (48) 98853 8791  |  reservas@pousadacanasvieiras.com.br